Histórico do Projeto

Da AMADIS

(Diferença entre edições)
(Antecedentes)
m (Antecedentes: em progresso)
Linha 16: Linha 16:
Em 2000, os pesquisadores do LEC, atendendo a uma solicitação da Secretaria de Educação a Distância - SEED do Ministério da Educação-MEC, realizou um curso denomiado ''"Formação Continuada em Serviço de Multiplicadores do Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO/MEC)"''.  Este foi o primeiro curso de especialização em informática ne educação para professores multriplicadores brasileiros. Esse curso ficou conhecido dentro do LEC como o '''Curso dos 500''', em referência ao número de alunos que participaram. Para tornar esse curso viável a SEED disponibilizou o código de uma biblioteca virtual e uma equipe de programadores para desenvolver, com acessoria dos pesquisadores do LEC, uma plataforma virtual de aprendizagem. Ao longo do curso, essa ferramenta for sendo aprimorada, incorporando várias das funcionalidades existentes no Teclec. O produto final foi considerado promissor, tanto pelo SEED/MEC quanto pelo LEC. No entanto, esse software foi desenvolvido para atender as necessidades imediatas do curso em realização. Era necessário aperfeiçoá-lo como forma de tornar possível utilizá-lo em outros cursos.
Em 2000, os pesquisadores do LEC, atendendo a uma solicitação da Secretaria de Educação a Distância - SEED do Ministério da Educação-MEC, realizou um curso denomiado ''"Formação Continuada em Serviço de Multiplicadores do Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO/MEC)"''.  Este foi o primeiro curso de especialização em informática ne educação para professores multriplicadores brasileiros. Esse curso ficou conhecido dentro do LEC como o '''Curso dos 500''', em referência ao número de alunos que participaram. Para tornar esse curso viável a SEED disponibilizou o código de uma biblioteca virtual e uma equipe de programadores para desenvolver, com acessoria dos pesquisadores do LEC, uma plataforma virtual de aprendizagem. Ao longo do curso, essa ferramenta for sendo aprimorada, incorporando várias das funcionalidades existentes no Teclec. O produto final foi considerado promissor, tanto pelo SEED/MEC quanto pelo LEC. No entanto, esse software foi desenvolvido para atender as necessidades imediatas do curso em realização. Era necessário aperfeiçoá-lo como forma de tornar possível utilizá-lo em outros cursos.
 +
O SEED/MEC começou a desenvolver uma plataforma, provisóriamente batizada de '''Avalon'''. Essa plataforma era uma aperfeiçoamento do sistema desenvolvido no Curso dos 500, cujo principal objetivo era tornar possível a realização de vários cursos simultâneos no mesmo sistema. Ao longo do processo, o sistema foi rebatizado '''E-Proinfo''' e progressivamente voltou-se como um sistema para suportar as diversas formações a distância que a SEED começou a promover. Durante essa evolução tecnológica, o software tornou-se mais robusto e sofisticado, mas também teve enfraquecidas algumas das características mais interessante que inicialmente herdara d Teclec.
-
Curso do 500
+
É nesse momento que começa a história do AMADIS.
-
 
+
-
Avalon
+
-
 
+
-
E-proinfo
+
=O Nascimento da Plataforma=
=O Nascimento da Plataforma=

Revisão das 20h18min de 18 de Agosto de 2006

Índice

Antecedentes

O AMADIS é uma plataforma que foi concebida com base nas necessidades práticas da equipe de pesquisadores do LEC envolvidas no planejamento e desenvolvimento de cursos a distância. Essa equipe realizou os primeiros experimentos com EAD em 1993, utilizando a tecnologia pré-Internet do RadioPacket. Em 1994, realizou um curso de especialização em Informática na Educação com alunos da Costa Rica, utilizand apenas e-mail, devido à precariedade das conexões de Internet existentes na época.

Menu Principal do Teclec

Em 1996, o LEC começou a realizar suas primeiras experiências mais sistemáticas no desenvolvimento de plataformas virtuais de aprendizagem. Com base nas necessidades observadas pelos pesquisadores nos cursos de formação de professores até então realizados, as professoras Rosane Aragón de Nevado , Iris Elisabeth Tempel Costa e Cleci Maraschin criaram o TECLEC. Essa plataforma era tecnologiamente simples, mesmo para os recursos da época, utilizando basicamente HTML, JavaScript e alguns poucos CGIs. No entanto, o TECLEC foi a primeira exploração conceitual sobre o desenvolvimento de ambientes para educação em rede buscando se afastar do modelo de cursos lineareas, rigidamente estruturados segundo a lógica dos conteúdos.


"O TecLec foi projetado de modo a permitir que o professor o inicie a qualquer tempo. Os conteúdos, ou temas abordados, estão organizados em módulos, considerando-se um determinado encadeamento, porém, sem qualquer exigência de hierarquia. Os inscritos poderão fazer opções de tópicos segundo suas necessidades e interesses imediatos podendo organizar sua navegação pelos módulos, não havendo necessidade de segui-los em uma ordem pré-estabelecida. Este curso também enfatiza a co-autoria: os inscritos são estimulados a propor temas para compor novos módulos e a desenvolver uma Homepage na qual disponibilizam material de interesse para o trabalho, contribuindo, deste modo, com a construção contínua deste espaço." (retirado do site do TECLEC.)

Ele já possibilitava o desenvolvimento de projetos coletivos, publicação de páginas pessoais, disponibilização de materiais em uma biblioteca e comunicação assíncrona por meio de um fórum.

Em 1999, em um projeto financiado pela Organização dos Estados Americanos - OEA, o Teclec foi aprimorado e utilizado em um curso de formação com profação de professores em serviço. Também participaram do curso além da equipe do LEC pesquisadores do NIED/UNICAMP e da PUC-SP. O principal avanço dessa versão do sistema, foi o uso de Portfólios individuais para registrar o progresso dos alunos. Os resultados das pesquisas realizadas nesse curso foram publicadas em uma série de artigos e influenciaram o desenvolvimento de várias plataformas atualmente existentes.

Em 2000, os pesquisadores do LEC, atendendo a uma solicitação da Secretaria de Educação a Distância - SEED do Ministério da Educação-MEC, realizou um curso denomiado "Formação Continuada em Serviço de Multiplicadores do Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO/MEC)". Este foi o primeiro curso de especialização em informática ne educação para professores multriplicadores brasileiros. Esse curso ficou conhecido dentro do LEC como o Curso dos 500, em referência ao número de alunos que participaram. Para tornar esse curso viável a SEED disponibilizou o código de uma biblioteca virtual e uma equipe de programadores para desenvolver, com acessoria dos pesquisadores do LEC, uma plataforma virtual de aprendizagem. Ao longo do curso, essa ferramenta for sendo aprimorada, incorporando várias das funcionalidades existentes no Teclec. O produto final foi considerado promissor, tanto pelo SEED/MEC quanto pelo LEC. No entanto, esse software foi desenvolvido para atender as necessidades imediatas do curso em realização. Era necessário aperfeiçoá-lo como forma de tornar possível utilizá-lo em outros cursos.

O SEED/MEC começou a desenvolver uma plataforma, provisóriamente batizada de Avalon. Essa plataforma era uma aperfeiçoamento do sistema desenvolvido no Curso dos 500, cujo principal objetivo era tornar possível a realização de vários cursos simultâneos no mesmo sistema. Ao longo do processo, o sistema foi rebatizado E-Proinfo e progressivamente voltou-se como um sistema para suportar as diversas formações a distância que a SEED começou a promover. Durante essa evolução tecnológica, o software tornou-se mais robusto e sofisticado, mas também teve enfraquecidas algumas das características mais interessante que inicialmente herdara d Teclec.

É nesse momento que começa a história do AMADIS.

O Nascimento da Plataforma

A primeira Implementação Livre

Secretaria de Educação a Distância - SEAD http://www.ufrgs.br/sead/

2001: Constru��o de um Ambiente Digital de Aprendizagem como suporte para Atividades de Educa��o Matem�tica a Dist�ncia


Amaids v0 2 img2.png


Amadis v0 2 img1.png
  • 2002
Desenvolvimento da primeira versão do Projeto Amadis(Ambiente virtual de Aprendizagem): versão Amadis 0.2


Primeiro Grande Caso de Uso

  • 2003
  • Projeto ECSIC
Desenvolvimento do Projeto Ambiente Virtual de Aprendizagem Amadis 0.7
Amadis 1.0
Seção de Projetos do AMADIS Massinha


Segunda Implementação

  • 2004
Desenvolvimento do Amadis 1.0/FINEP


  • 2005
Desenvolvimento do Amadis 1.2/FINEP


  • 2006
Desenvolvimento do Amadis 2.0/FINEP
Ferramentas pessoais
Parceiros
















SourceForge.net Logo

Supported by Cenqua