Um pouco sobre relacionamentos em um banco de dados

Da AMADIS

Índice

Pequena Introdução:

É fundamental que os profissionais de desenvolvimento e de administração de banco de dados entendam o quão impotante é planejar o banco de dados, cuidadosamente, definindo quais tabelas farão parte do banco de dados, quais os campos de cada tabela, quais campos serão chave primária e qual o relacionamento entre as tabelas.

Em um banco de dados, precisamos de alguma maneira para representar estes relacionamentos da vida Real, em termos das tabelas e de seus atributos. Isto é possível com a utilização de "Relacionamentos entre tabelas", os quais podem ser de três tipos: . Um para Um(ou 1 → 1) . Um para Vários (1 → n) . Vários para Vários (n → n)

Relacionamento do Tipo Um para Um:

Esta relação existe quando os campos que se relacionam são ambos do tipo Chave Primária, em suas respectivas tabelas. Cada um dos campos não apresenta valores repetidos.

    #Ex.: Uma pessoa pode ter somente um CPF, e um CPF pode ser de apenas  uma pessoa.

Relacionamento do Tipo Um para Vários:

Este é, com certeza, o tipo de relacionamento mais comum entre duas tabelas. Uma das tabelas (o lado um do relacionamento) possui um campo que é a Chave Primária e a outra tabela (o lado vários) se relaciona através de um campo cujos valores relacionados podem se repetir várias vezes.

    #Ex.: Um comentário pode estar vinculado apenas a um projeto específico. Mas um projeto especifico pode ter vários comentários.

Algumas observações importantes sobre relacionamentos: O Nome dos Campos envolvidos no Relacionamento, não precisa ser, necessariamente, o mesmo. O tipo dos campos é que precisa ser o mesmo, por exemplo, se um dos campos for do tipo Texto, o outro também deverá ser do tipo Texto. Sempre o Lado um do Relacionamento deve ser uma chave primária, já o lado vários não pode ser uma chave Primária. De Preferência, antes de Criar os Relacionamentos verifique se o tipo dos campos a serem relacionados é o mesmo, além de características como máscaras de entrada e formato.


Relacionamento do tipo Vários para Vários:

Este tipo de relacionamento "aconteceria" em uma situação onde em ambos os lados do relacionamento os valores poderiam se repetir. Vamos considerar o caso entre Produtos e Pedidos. Posso ter Vários Pedidos nos quais aparece um determinado produto, além disso vários Produtos podem aparecer no mesmo Pedido. Esta é uma situação em que temos um Relacionamento do Tipo Vários para Vários. Na prática não é possível implementar um relacionamento deste tipo, devido a uma série de problemas que seriam introduzidos no modelo do banco de dados. Por exemplo, na tabela Pedidos teríamos que repetir o Número do Pedido, Nome do Cliente, Nome do Funcionário, Data do Pedido, etc para cada item do Pedido. Para evitar este tipo de problema é bastante comum "quebrarmos" um relacionamento do tipo Vários para Vários em dois relacionamento do tipo Um para Vários. Isso é feito através da criação de uma nova tabela, a qual fica com o lado Vários dos relacionamentos.


Por: Cristiano S Basso

Ferramentas pessoais
Parceiros
















SourceForge.net Logo

Supported by Cenqua